Skip to content

Volkswagen demite seu chefe de software

Os alemães sonhavam com uma revolução elétrica e de software. Acontece, porém, que a Volkswagen ainda tem muito a aprender para poder competir com a Tesla.

Volkswagen ID.3 e problemas de software

Um dos principais objetivos da empresa com sede em Wolfsburg √© expandir significativamente a gama de carros el√©tricos. Para isso, a Volkswagen estabeleceu uma nova fam√≠lia de ve√≠culos ID., e pretende investir bilh√Ķes de euros no desenvolvimento da marca e de todo o grupo. Parece que todas essas atividades, com os enormes recursos que a Alemanha sem d√ļvida tem √† sua disposi√ß√£o, garantir√£o uma lideran√ßa no mercado de eletricidade.

Volkswagen ID.3 - o sucessor totalmente elétrico do Golf.
Volkswagen ID.3 – interior (foto: Volkswagen)

Al√©m disso, houve vozes de especialistas afirmando que, se os “meninos grandes” levarem a s√©rio a eletricidade, a Tesla poder√° ter muitos problemas. Bem, tal cen√°rio ainda n√£o se concretizou, e atualmente a Volkswagen est√° tendo problemas para implementar o modelo ID.3. Vale destacar aqui que durante a estreia oficial, a fabricante enfatizou que o novo eletricista √© t√£o importante quanto o Golf ou o Fusca. Foi a ID.3 que abriu um novo e grande cap√≠tulo de import√Ęncia estrat√©gica na hist√≥ria da marca.

Os planos da Volkswagen, no entanto, enfrentaram uma colis√£o brutal com a realidade. Relat√≥rios anteriores, que apontavam para problemas significativos com o software usado em ID.3, foram confirmados. Al√©m disso, n√£o foi poss√≠vel resolv√™-los nos primeiros exemplares destinados aos clientes. Como resultado, certas fun√ß√Ķes do sistema de infoentretenimento (por exemplo, App Connect) n√£o estar√£o dispon√≠veis e n√£o ser√° poss√≠vel ativar o Head-Up Display. Os defeitos devem ser removidos apenas com a atualiza√ß√£o do software.

Mudanças em Wolfsburgo

Os longos atrasos e problemas de software no modelo Volkswagen ID.3, bem como no novo Golf, provavelmente tiveram um impacto significativo no decis√Ķes tomadas pelo fabricante alem√£o. Christian Senger, membro do conselho da marca e chefe da Digital Car & Services, ser√° removido do conselho de administra√ß√£o e n√£o ser√° mais o chefe de software.

Ver agora:  Eles criaram o Chevrolet Corvette, agora v√£o fazer o carro el√©trico

Curiosamente, o cargo de Senger ser√° ocupado por Markus Duesmann, o atual CEO da Audi, que anteriormente atuou como diretor executivo da BMW. Vale ressaltar que ele n√£o tem muita experi√™ncia em desenvolvimento de software – ele √© engenheiro mec√Ęnico por forma√ß√£o, e seus cargos anteriores n√£o estavam intimamente relacionados √† programa√ß√£o.

Christian Senger - ex-chefe da Digital Car & Services.
Christian Senger (foto: Volkswagen)

Claro, é difícil dizer agora se as competências de Duesmann são suficientes. Deve-se notar, no entanto, que há um verdadeiro desafio pela frente do novo chefe de software. Ele não apenas terá que orientar o desenvolvimento do ID.3 na direção certa, mas também terá que supervisionar as principais mudanças dentro do grupo.

A Volkswagen pretende aumentar sua participação interna no desenvolvimento de software automotivo, de um valor atual de menos de 10% para pelo menos 60% até 2025. O objetivo também é criar um novo sistema operacional unificado para todo o grupo Рvw.os, e desenvolver serviços baseados em nuvem.