Skip to content

Usu√°rios do Facebook n√£o descobrir√£o que seus dados vazaram

Na semana passada, ficou muito alto sobre um enorme vazamento de dados que afeta mais de 533 milh√Ķes de usu√°rios do Facebook. Bem, as m√°s not√≠cias n√£o param por a√≠. Acontece que a empresa de Mark Zuckerberg n√£o est√° muito interessada em inform√°-los sobre esse fato.

Milh√Ķes de n√ļmeros de telefone e outros dados est√£o circulando na internet

N√£o √© a primeira vez que o maior site de rede social sofre um contratempo que compromete a seguran√ßa e a privacidade dos usu√°rios. Desta vez, no entanto, a situa√ß√£o preocupa grande parte da comunidade, incluindo usu√°rios poloneses – s√£o cerca de 2,7 milh√Ķes de contas de moradores do pa√≠s no rio V√≠stula.

√Č verdade que o vazamento ocorreu em 2019, e o bug usado pelos cibercriminosos j√° foi corrigido. Deve-se notar, no entanto, que uma parte significativa dos dados ainda √© v√°lida. Afinal, n√£o √© sempre que decidimos alterar o n√ļmero de telefone, endere√ßo de e-mail e outras informa√ß√Ķes inseridas no Facebook.

Vazamento de dados do Facebook
O vazamento diz respeito a quase 2,7 milh√Ķes de contas da Pol√īnia (foto: Alon Gal, Twitter)

Os dados incluem nomes, ID do Facebook, locais, anivers√°rios, biografias, endere√ßos de e-mail e at√© n√ļmeros de telefone. No entanto, deve-se notar que nem todas as entradas devem incluir todas as informa√ß√Ķes listadas.

“Algu√©m tem seus dados e o que voc√™ vai fazer conosco?”

A frase acima, referindo-se √† cita√ß√£o ic√īnica “N√≥s n√£o temos seu casaco e o que voc√™ vai fazer conosco?” do filme polaco “Teddy Bear”, parece enquadrar-se perfeitamente na estrat√©gia que o Facebook decidiu escolher.

Relat√≥rios da Reutersque o site de rede social n√£o pretende informar aos usu√°rios afetados que algu√©m pode ter recebido seus dados confidenciais. Um porta-voz da empresa afirmou que O Facebook n√£o sabe exatamente quais usu√°rios devem receber a notifica√ß√£o. Al√©m disso, pode ser in√ļtil, pois h√° pouco que as v√≠timas possam fazer sobre os dados que j√° est√£o dispon√≠veis na Internet.

Ver agora:  Um grande golpe - o homem de 30 anos enganou um milh√£o em sites de leil√Ķes

Al√©m disso, fica-se com a impress√£o de que a empresa n√£o considera toda a situa√ß√£o muito grave. Argumenta que os dados n√£o incluem informa√ß√Ķes financeiras ou de sa√ļde, bem como senhas. Bem, para dizer o m√≠nimo, essa tradu√ß√£o soa muito ruim.

Você tem que lidar com você mesmo

Felizmente, o site vem com ajuda Fui sacaneado, que permite verificar se um determinado n√ļmero de telefone foi inclu√≠do no banco de dados compartilhado. Para isso, basta digitar o n√ļmero do telefone no campo de texto no formato +48XXXYYYXXX e depois clicar no bot√£o “pwned?”. Voc√™ tamb√©m pode verificar seus endere√ßos de e-mail.

O site verifica os dados inseridos por você nos bancos de dados de vários vazamentos ocorridos no passado. Se você receber SPAM estranho em sua caixa de entrada, pode ser porque seu endereço de e-mail já vazou na rede e foi usado por pessoas não autorizadas.

Verifique também:

Facebook - banner anunciando a campanha de vacinação COVID-19