Skip to content

PlayStation 5 depois de um ano Рfoi um falso começo desnecessário

O tempo está se esgotando entre nossos dedos. Há apenas um ano, comemoramos a estreia do PlayStation 5 Рo console que Jim Ryan acreditava ser o verdadeiro começo de uma nova geração de jogos. Mas vamos supor por um momento que o equipamento seria lançado este ano. Alguma coisa mudaria?

PlayStation 5, a geração híbrida

Um conceito que ele originalmente usou em um de seus materiais Crist√≥v√£o”NRGeek” Micielski, parece descrever melhor o primeiro ano do PlayStation 5, bem como o Xbox Series S | X. De que outra forma chamar um fen√īmeno em que, ap√≥s tal per√≠odo, o equipamento pode ostentar apenas alguns verdade jogos exclusivos?

No caso do PS5, estes s√£o Ratchet & Clank: Rift Apart, Returnal e livre Brinquedoteca do Astroque √© ao mesmo tempo a maior demonstra√ß√£o de tecnologia que traz consigo a arquitetura do console e do controle Duplo sentido. Ainda est√° l√° Almas de Dem√īniosmas √© dif√≠cil considerar o remake da posi√ß√£o do PlayStation 3 como um jogo exclusivo completo.

Quase todos os itens com os quais trabalhei este ano tamb√©m estrearam nos consoles da gera√ß√£o antiga, ou seja, PlayStation 4 e Xbox One. No entanto, √© dif√≠cil culpar os est√ļdios de desenvolvimento. Os or√ßamentos dos jogos crescem desproporcionalmente aos seus pre√ßos, e √© por isso que as editoras, para atingir o maior grupo poss√≠vel de jogadores, tamb√©m gastam seus hits em plataformas mais antigas. At√© a Sony recuou em sua cren√ßa em uma gera√ß√£o quando viu mais de 100 milh√Ķes de propriet√°rios de PS4 prontos para pagar por mais sucessos do PlayStation Studios.

Tamb√©m n√£o √© f√°cil afirmar inequivocamente que a velha gera√ß√£o inibe o desenvolvimento da nova. Os dispositivos agora compartilham arquiteturas muito semelhantes – afinal, o PS4 e o PS5 est√£o muito mais pr√≥ximos dos PCs do que os produtos anteriores da Sony. Isso tamb√©m significa que √© muito mais f√°cil trabalhar em diferentes vers√Ķes dos jogos. No momento em que o PS5 receber a produ√ß√£o com os controles deslizantes no Ultra, o PS4 Pro receber√° a variante Medium e o PS4 normal ficar√° satisfeito com as configura√ß√Ķes mais baixas. O que √© mais importante – todos ter√£o quase o mesmo jogo.

Deathloop é apenas um jogo exclusivo temporário no PlayStation 5. O caso de Godfall mostra, no entanto, que pode ser reduzido em detalhes o suficiente para executá-lo em consoles de geração mais antiga.
Deathloop é apenas temporariamente exclusivo do PlayStation 5. O caso de Godfall mostra, no entanto, que ele pode ser reduzido em detalhes o suficiente para executá-lo em consoles de geração mais antiga.

Uma ind√ļstria sem uma nova gera√ß√£o

Ent√£o vamos imaginar que n√£o h√° nenhuma nova gera√ß√£o no momento. Na melhor das hip√≥teses, ainda estamos jogando PlayStation 4 Pro e Xbox One X, a vida √© bastante tranquila. Mantendo o calend√°rio atual de primeiros-ministros, Homem-Aranha: Miles Morales, Sackboy: A Grande Aventura, Kena: Ponte dos Esp√≠ritos – todos esses itens tamb√©m aparecem no PlayStation 4. Cyberpunk 2077 est√° passando por uma cat√°strofe ainda maior, e as outras grandes estreias – em grande estilo Guardi√Ķes da Gal√°xia da Marvel, Call of Duty: Vanguarda ou tamb√©m Hot Wheels soltos – ocorrer sem grandes obst√°culos.

Ver agora:  Forza Horizon 5 recebeu sua primeira atualiza√ß√£o! Os principais bugs foram corrigidos

No pr√≥ximo ano, os propriet√°rios de PS4 ainda t√™m muito o que fazer. God of War: Ragnarok, Elden Ring, Gran Turismo 7 e Horizonte: Oeste Proibido – tudo isso tamb√©m aparecer√° no console Sony mais antigo. E tudo isso, al√©m da enormidade de outras estreias de outros estudos, que n√£o podem ser contadas. Se – hipoteticamente – adiarmos a estreia do PlayStation 5 por um ano, verifica-se que a ind√ļstria n√£o sofre muito com este evento. Pelo contr√°rio – os jogadores recebem um produto completo dispon√≠vel, com jogos exclusivos prontos desde o in√≠cio.

O problema com minha visão utópica é a existência do Xbox. Foi a Microsoft quem primeiro anunciou a nova geração de consoles, estimulando o entusiasmo da mídia e dos consumidores. A Sony não podia pagar um replay do PlayStation 3, onde o fabricante japonês realmente deu mais de um ano para o desenvolvimento do Xbox 360, adiando a estreia do console até novembro de 2006. Portanto, resta perguntar a si mesmo Рquais são os reais benefícios da nova geração de equipamentos?

God of War: Ragnarok pode ser o √ļltimo jogo da PlayStation Studios a ser lan√ßado tamb√©m no PS4
God of War: Ragnarok pode ser o √ļltimo jogo da PlayStation Studios a ser lan√ßado tamb√©m no PS4

Conforto e conveniência do jogo

No momento em que o PlayStation 5 oferece jogos em resolu√ß√£o 4K, 60 quadros por segundo e todos os benef√≠cios relacionados ao suporte a SSD, estamos lidando com solu√ß√Ķes que simplesmente n√£o podem ser devolvidas. Os tempos de carregamento j√° s√£o monstruosamente r√°pidos, o que √© o melhor exemplo disso hoje Brinquedoteca do Astro e Sackboy: Grande Aventura. Tamb√©m adoro jogar em 60 fps, ent√£o fica cada vez mais dif√≠cil justificar criadores que n√£o incluem essa possibilidade em suas √ļltimas produ√ß√Ķes.

Isso, por sua vez, me leva a um dos recursos mais importantes do PlayStation 5 – compatibilidade retroativa com jogos no PlayStation 4. Quase todos os t√≠tulos exclusivos mais importantes da gera√ß√£o anterior receberam patches aumentando o n√ļmero de quadros de anima√ß√£o e a resolu√ß√£o do jogos. Fantasma de Tsushima ou tamb√©m Dias passados est√£o recebendo um novo brilho no PS5. Gra√ßas ao valor original de produ√ß√£o, esses itens s√≥ ganham aos olhos de tais melhorias, o que tamb√©m torna a decis√£o de compens√°-los.

Ver agora:  A Bethesda faz uma grande promessa aos f√£s de seus jogos. E no Xbox, os jogadores n√£o v√£o jogar Spider-Man

No entanto, tendo em mente outros estudos, voc√™ tamb√©m pode aceitar lentamente o fato de que a mec√Ęnica revolucion√°ria do controlador Dual Sense permanecer√° apenas um capricho. O Adaptive Trigger Madness s√≥ aparecer√° em jogos exclusivos do PlayStation 5. Novamente, √© dif√≠cil culpar os fabricantes de jogos multiplataforma por isso. Gastar tempo implementando essa mec√Ęnica avan√ßada √© completamente in√ļtil. Se a Sony n√£o subsidiar seu desenvolvimento em outros est√ļdios, e os consoles da Microsoft e da Nintendo permanecerem no gelo de qualquer maneira, esse √© um custo que ningu√©m se beneficia.

Astro's Playroom é atualmente o melhor jogo exclusivo do PlayStation 5. Só mostra o quão revolucionário o controle Dual Sense pode ser.
Astro’s Playroom √© atualmente o melhor jogo exclusivo do PlayStation 5. S√≥ mostra o qu√£o revolucion√°rio o controle Dual Sense pode ser.

Em primeiro lugar – sem pressa

Se você atualmente possui um PS4 ou PS4 Pro, não há realmente motivo para pular para a próxima geração de hardware. Além de quão difícil é obter um PlayStation 5 pelo preço de estreia, os jogos exclusivos atuais não podem justificar essa compra. Sim РRatchet & Clank: Rift Apart parece fenomenal nos gráficos, mas além de alguns novos truques, ainda é a fórmula clássica da série, que você conhece, por exemplo, da edição anterior, lançada em 2016.

O próximo ano também será marcado por estreias intergeracionais. Em 90% dos acessos você também jogará no PS4, portanto, não sendo um jogador em tempo integral, é difícil justificar a substituição do console neste momento. Então quando virá? Um pouco mais perto de estreias como Homem-Aranha da Marvel 2 E se Wolverine da Marvel Рafinal, serão sucessos reais e exclusivos da Insomniac Games.

Qual é a coisa mais engraçada sobre isso Рeu não trocaria meu PS5 por um modelo mais antigo na minha vida. Jogos de compatibilidade retroativa aprimorados, melhor suavidade de lançamentos intergeracionais, resolução de imagem mais alta, controlador Dual Sense revolucionário. Tudo isso significa que, para um fã de tecnologia, simplesmente não há como voltar ao antigo PS4.

Ao mesmo tempo, também sinto saudades dos tempos em que a nova geração de equipamentos significava um salto tecnológico muito maior. Até hoje me lembro perfeitamente do arregalar dos olhos quando assisti pela primeira vez Gran Turismo 3: A-Spec em ação no PlayStation 2.

Os tempos de tais revolu√ß√Ķes, infelizmente, n√£o voltar√£o.